quarta-feira, 4 de maio de 2011

DIAS DAS MÃES TÁ AÍ...

Como já disse, tá tudo muito rápido, a Páscoa embolou com o Dia das Mães...
e sinto que esse será sacrificado... não deu tempo ainda de planejar muita coisa...
por enquanto... dicas bem legais:


Olha que caixinha linda... Para imprimir: Caixinha de Docinhos da Mamãe (com molde)



Um faça você mesma de bloquinho... amei... está em inglês, mas como vcs são phynas e sophysticadas e falam apenas francês (hehe) só olhando as imagens dá tranquilamente para fazer...



Olhem esse cartão maravilhoso... quem fez foi a Vika, da Scrapeteiras... o pap inteirinho está aqui... vou tentar fazer para dar à minha mamãezinha...
Não tenho esse furador, mas um parecido... mas acho que dá pra ter um efeito legal tbm... já comprei ontem a Dimensional Acqua Relevo 3D Color da Acrilex na cor meio dourada... vou tentar fazer nas cores marrom, bege, caramelo e dourado... vou tentar costurar a mão, acho que ela costurou a maquina...

Agora dois kits free printables...


Daqui



Daqui


Agora, vou copiar de um e-mail que recebi uma mensagem sobre as MÃES...


É exatamente assim que os filhos são, até porque nós também já tivemos essa idade

03 anos: mãe eu te amo
11 anos: mãe não me enche
16 anos: minha mãe é tão chata
18 anos: eu quero sair de casa
25 anos: mãe você tinha razão
30 anos: quero voltar para casa da minha mãe
50 anos: eu não quero perder a minha mãe
70 anos: eu abriria mão de qualquer coisa para ter minha mãe aqui comigo.


Vou confessar, tenho 32 anos e desde que me entendo por gente, penso como diz aí nos 50 anos...
Lembro até hoje, eu deveria ter uns 9 anos, e minha tia iria viajar no carnaval e me convidou para ir tbm e eu não quis... uma amiguinha minha soube que recusei o convite e perguntou: você é boba, por que não quer ir?
eu: Não quero deixar minha mãe sozinha...

Talvez por saber que minha mãe sofreu muito quando aos 9 anos perdeu a mãe e ficou morando de casa em casa de parentes até meu avô casar novamente e sabe né... madrasta... não dava moleza e sofreu muito...

Talvez por saber que desde bebê ela é quem cuidava de mim... e meu pai (que Deus o tenha) fazia só o papel de trabalhar ... era ela que virava noites cuidando das minhas inúmeras e recorrentes amidalites e febres loucas... e que quando engravidei, solteira, foi quem ficou ao meu lado... me acolheu novamente e cuidava da minha filha para que eu pudesse trabalhar dia e noite (em inúmeros plantões) e não faltar nada àquele pequeno ser (meu pai desde então passou a me ignorar)

Hoje, sou casada, tenho outro filho, não moro na mesma cidade que minha mãe... que é a minha maior dor... não tê-la todo dia ao meu lado...

Bom vamos deixar de lado isso e vc, que ainda tem a benção de ter sua mãezinha junto de ti, ame-a... sem limites... pois mãe é assim, nos ama incondicionalmente...
E vc, minha amiga, que sua mamãe já está com o Pai... ore muito, independente do seu Credo... por tudo o que ela fez por ti na terra...

um gde beijo

16 comentários fofos:

Vivian postou o comentário número:

nem pensei em nada ainda !! mas vc se adiantou legal, dá tempo de fazer !!
bj

FabiolaTeles postou o comentário número:

Adorei Paty.
Obrigada!!!
Fabiola.
http://blogencontrandoideias.blogspot.com/

Marcia Gullo postou o comentário número:

pois é amiga, pena que tem gente que só percebe o quanto a mãe faz falta depois que ela já se foi,
eu ainda tenho a minha e sou muito grata por tudo que ela já fez.
Um beijo.

Marcia Gullo
www.blogdagullo.blogspot.com

trecos e apetrechos da Fran postou o comentário número:

Tudo bem Paty?
Lindo teu relato, viu? Eu também não consigo ficar longe da minha mãe, por sorte moro pertinho dela :)
Adorei as idéias de lembrancinha e parabéns pelo dia das mães!!!!
BJS

Paty postou o comentário número:

Meninas, obrigada pela visita...
sinto-me honrada de tê-las aqui, lendo meu post/relato...
garanto uma coisa, sou apaixonada por minha mãe, que é meu porto seguro... de escrever e reler meu texto, fico com a voz embargada, olhos marejados e com um nó imenso na garganta...
um gde bj a todas

Renata Reginato postou o comentário número:

Olá Paty.
Estava esperando pelas tuas sugestões para o Dia das Mães... Adorei todas!!!
Acho que sou como tu... não consigo ficar longe da minha mãe.
Acho que sempre pensei como os de 50 anos também... nós nos falamos várias vezes ao dia, todos os dias.
Obrigada pelo post!
Bjos

Rosana Remor postou o comentário número:

Paty,chorei com suas palavras...tenho a graça de morar em frente a casa de minha mãe e de contar com ela pra tudo!!Ensino meus filhos a amar incondicionalmente mãe,pai,avó,avô...Quando eles se vão, tudo se apaga e sofremos tanto,né?Querida,que Deus continue a te iluminar !Bjs!!

Liliane de Paula postou o comentário número:

Eita Paty, meus filhos precisavam ler essa sua declaração de amor. Precisava sim.
Não sei que furador é esse que vc refere o que tinta é essa com nome tão grande(dimension acqua......)
Me orienta?
Já fui leitora sua mas vc esqueceu de mim aí, esqueci tb.
Vamos manter feedback, ok?

Karine postou o comentário número:

Oi Paty! Vc é muito phyna heheheh
É verdade.. o dia das Mãe ficou muito perto da Páscoa... sem falar que o tempo passa muito rápido! Já estamos em MAIO.. guria.. que loucura!

Adorei tuas idéias, tudo muito lindo e delicado..


bjos querida

Poliana Sant'Anna postou o comentário número:

OI, Paty.

Me emocionei mto com as suas palavras...

Osentimento de mãe é uma coisa realmente grandiosa, sem limites... Uma pena eu ainda não ter experimentado isso como mãe... Mas minha hora vai chegar... =)

Que Papai do Ceu abençoe sua mãe, você e todas as mães que cumprem brilhantemente essa linda missão!

Beijos!

PS: Tente levar sua mãe pra junto de vc! Sei que podem existir vários motivos... Minha vó, mãe do meu pai por exemplo, mora sozinha, tem 83 anos... E não quer de jeito nenhum sair da casa dela pra vir pra nossa cidade... Não sei os motivos de vcs, mas quem sabe vc não consegue com a sua? =)
Beijos! ♥

Lia postou o comentário número:

Verdade ... nada como colo de mãe.

Lia postou o comentário número:

Verdade ... nada como colo de mãe.

Paula Li postou o comentário número:

Oi Paty, cheguei aqui através do blog da Mara e já vou pedir licença para me "apropriar" de algumas idéias.
Também sinto que o tempo esta ligeiro demais e ainda não caiu a ficha que o dia das mães esta tão próximo.
Linda a sua homenagem a sua mãe, também tenho imenso carinho pela minha, que é meu porto seguro, amiga de todas as horas.
Bjs

BoniFrati postou o comentário número:

Obrigado pelo carinho Vivian! Adoramos receber a visita de todas as amigas blogueiras :D
Super beijinhos e aproveitem bastante!

Du postou o comentário número:

Paty linda, vc me emocionou. Vou passar longe da minha mas pensar nel o dia todo.
Bjs e obrigada pelas idéias.

Carolina postou o comentário número:

nega, já li até aqui... que linda sua mensagem!já conhecia, mas ler me pareceu mais tocante... talvez por agora tb ser mãe... bjokas
te amo